Deputado Estadual Luiz Fernando Ribas Carli – Boletim Médico – 07/05/09 – 18h30min

BOLETIM MÉDICO

Deputado Estadual LUIZ FERNANDO RIBAS CARLI 

Publicado em: 07/05/2009 18:32

Boletim Médico – 07/05/09 – 18h30min
Deputado Estadual LUIZ FERNANDO RIBAS CARLI (26)

Após realizar novos exames às 17h30min o quadro clínico do deputado estadual LUIZ FERNANDO RIBAS CARLI (26) permanece inalterado como informado abaixo:

O deputado estadual LUIZ FERNANDO RIBAS CARLI (26) encontra-se internado na UTI do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba após acidente automobilístico, no qual sofreu traumatismo craniano grave, associado a múltiplas fraturas crânio faciais. Na presente avaliação encontra-se em coma, com sinais vitais instáveis e respira com ajuda de aparelhos.
O deputado está sob os cuidados das equipes de Neurocirurgia, Cirurgia Bucomaxilofacial, além da equipe de Terapia Intensiva.
No momento seu estado pode ser classificado como grave, sendo as próximas 72 horas decisivas para definição do prognóstico.

Dr. Luiz Felipe Mendes
Diretor Técnico do HUEC

 

BOLETIM MÉDICO

Deputado Estadual Luiz Fernando Ribas Carli

Publicado em: 07/05/2009 15:41

Sobre Ronaldo
Brasil, Sul, Homem, de 35 a 40 anos, português, inglês

9 Responses to Deputado Estadual Luiz Fernando Ribas Carli – Boletim Médico – 07/05/09 – 18h30min

  1. Mônica Bim disse:

    Estive dando uma olhada nas informações disponíveis na internet a este respeito. É impressionante como nós nos acostumamos com o absurdo, injusto, inaceitável. Este deputado é apenas mais um dos que vivem as custas da população brasileira, e por conta disso, se acha no direito de fazer o que quiser, quando quiser.. com quem quiser. Este deputado assumiu o risco quando dirigiu o carro naquela velocidade, (segundo testemunhas, o velocímetro travou em 190 Km/h) e isso, porque ele já não tinha mais licença para dirigir, imaginem se tivesse?!! E se não fosse o bastante, o atendimento cinco estrelas que ele está tendo no Albert Heinten é financiado por nós, meros cidadãos comuns. E por que não mencionar também os gastos com o deslocamento, passagens aéreas… E como mencionei no início, daqui a pouco esqueceremos, mais este caso absurdo, porque infelizmente, nós nos acostumamos com o que deveria ser inaceitável… Que Deus abençõe, console e dê sabedoria a todos, principalmente aos familiares.. Somente Nele podemos confiar…

  2. marcos joao alves disse:

    eu sou evangelico e não quero acreditar que esse hospital com a direção que tem esteja protegendo esse deputado, passando informações mentirosas . se for verdade, qual o interesse da direção do hospital? eles são evangelicos de verdade?

    Prezado marcos
    Creio que o fato de ser um hospital evangélico ou católico ou budista, não vem ao caso agora.
    Abraços
    Ronaldo

  3. Saulo Neto disse:

    Estou neste momento assistindo o programa do Datena na Band e vendo a tristeza e indgnação da mae do motorista morto pela imprudencia irresponsabilidade e total falta de moral deste cretino deputado eleito por pessoas q de boa fé confiaraum mais uma vez nos poluiticos do Brasil.
    Isto só vai acabar qd a população realmente se revoltar e votar em branco, qd 50% + 1 de nos abrir mão do voto as eleiçoes tem q ser anuladas e todos os candidatos q estavaum incritos no TRE com elegiveis naquele momento naum poderaum lançar nova candidatura.
    Ai sim quem sabe possa mudar algo mais naum adianta pensar q vai mudar muita cois visto q a lei de transito por exemplo é ótima mais como o resto das lei naum funciona para todos. tenho exatamente a mesma idade do filho desta senhora e sei q estou apenas começando a vida e o q será desta mãe????
    Deus nos ajude

  4. Emanuel disse:

    Eu sou um deputado eleito pelo povo então posso fazer o que quiser. Posso pisar fundo no acelerador em qualquer estrada do Brasil. Posso ter dezenas de multas de radares por excesso de velocidade. Fui eleito, ganho meu salário todo final de mês sem merecer por isso então o povo que me elegeu também não merece nada. No Brasil não tem justiça mesmo !? Por que devo me preocupar com isso ? “Estou pouco me lixando com a opnião pública” . Se eu me acidentar e ceifar vidas não estou nem aí ! Em segundos serei socorrido! Posso até agredir quem me socorre porque sei que não serei condenado. Agora estou aqui, deitado em um leito de hospital, particular é claro. Eu posso, meu eleitorado não. Estou sendo tratado por cirurgiões especializados. Não preciso me preocupar com nada. Quanto a família “daqueles” infelizes que eu matei,deixe quieto. Em pouco tempo esse caso será abafado mesmo. Vai tudo sob o tapete! Tudo será esquecido… eu já esqueci !

  5. Eliane M. disse:

    Excelente este comentário !!!

    E agora ? … o sofrimento da família ….
    Será que mais uma vez notícias como esta ficarão na mídia por uma semana e depois serão esquecidas….e o grande culpado ficara impune…livre…
    Deve ser julgado, deve pagar pela impridência…..

    Os cidadões Curitibanos devem ter uma resposta do motivo de não terem feito exame de taxologia e de averiguação de alcool no sangue no deputado?
    Por que????

  6. Ricardo disse:

    Gustavo e Guilherme.

    Assino embaixo! Impressionante como a ausência de justiça e a corrupção que a acompanha estão arraigadas em nossa cultura. Certamente, “profissionais” da área da saúde foram pagos para não examinarem a concentração de álcool no sangue do deputado. O IML, sempre que há óbito no local, providencia a análise da dosagem alcoólica. Mas trata-se de um político, e, por isso, deram um jeito de inviabilizar a dosagem alcoólica. Além disso, o pai de uma das vítimas concedeu uma entrevista à RPC, mas a publicação da matéria foi apresentada com muitos cortes, ou seja, a entrevista não mostrou a real indignação do pai e, portanto, não serviu como um instrumento de protesto. Tenho motivos suficientes para acreditar que os políticos calaram a pobre da RPC.

    É certo que o “pai político” e seus comparsas estão pautando tal acontecimento na escassez de memória do brasileiro. Ora, daqui uns dias todos esquecerão o que aconteceu – com exceção, claro, da família das vítimas – e, por conta disso, serão capazes até de reelegerem o deputado.

    Quero saber quando irão anunciar estado de calamidade política no Brasil.

  7. Debora disse:

    Guilherme, o deputado não está mal, e nem de longe corre risco de vida. Ele ir à SP com o pretexto de fazer plástica, foi só mais uma manobra para retirá-lo de Curitiba. Nenhum hospital sério, autorizaria a remoção de uma pessoa em estado grave.

  8. Guilherme disse:

    Irretocável seu comentário. Embora acredito que o deputado não sairá vivo desta. Algunes questionamentos me vem a cabeça como; pq não foi permitido fazer no deputado exame de taxologia e de averiguação de alcool no sangue? e nos meninos fizeram?

    fica aqui a pergunta….

  9. Gustavo disse:

    Aos que tentam levantar defesas ao deputado digo o seguinte, isto não foi uma fatalidade!. Ora, o acidente, que ceifou vidas e afetou famílias, não é uma fatalidade. É uma ação concreta, fruto de uma ação imprudente do condutor do carro preto.

    Fatalidade em caso similar seria se os dois carros estivessem em velocidade compativel com o bom senso e passassem reto pelo semaforo que fica em estado de pisca alerta após 12:00. Importante notar que o pisca alerta amarelo do sinaleiro significa atenção, pare!, e não passe voando, literalmente, à 190km/h.

    O julgamento de Deus que alguns aqui afirmam é composto de uma relação de cada um com seu interior e quem sabe depois de falecer. Temos que cumprir a lei pois um caso como esse não pode passar em branco na Justiça. “Um Deslize” de uma “grande pessoa” como apregoam alguns não é relevante, visto que o fato gerador é igual ao do homicídio, logo temos que tratar a ação de agir contra a vida de duas pessoas isoladamente. Pouco importa o historico do assassino, o que deve ser priorizado é o que ele cometeu. 20 anos de cadeia por homicidio duplo não qualificado. Esta deve ser o pedido da promotoria neste caso (se o papai/cargo politico não influenciarem em nada).

    E quem passa pelo local do acidente (fui averiguar para não ser tão propenso a informações mascaradas) consegue decifrar como ocorreu o fato. A conversão é feita por todos que saem do Shopping Barigui (de onde os dois do honda fit saiam) e vão em direção ao centro por aquela rua. Não tem nem como ultrapassar o limite de velocidade ali pelas proprias caracteristicas da pista (curta e ingreme). Já a avenida em que vinha o Fernando se estende por quilometros tanto para quanto frente como para trás. Na velocidade que o passat se encontrava o pequeno declive na pista virou rampa que pegou o FIT dos dois rapazes no meio do pulo da irresponsabilidade.

    Sinto muito mas muito pelas familias das vitimas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: