“As Loucuras de Dick e Jane” na Tela Quente de 26/01/09

Nada mais apropriado em tempos de crise financeira do que esta ótima comédia para, inclusive, baixar a poeira da segunda-feira.

O ator nascido em Newmarket, Ontário (Canadá), Jim Carrey, que completou 47 anos de idade no último dia 17, está excelente no papel ao lado da novaiorquina Téa Leoni, de 43 anos de idade.

“As Loucuras de Dick e Jane” (“Fun With Dick and Jane”, EUA, 2005), é a refilmagem de uma comédia de 1977, onde Dick e Jane vivem confortavelmente e bem empregados. Isso até Dick Harper (Carrey) perder seu emprego logo depois de ser promovido, promoção esta que havia convencido Jane (Téa Leoni) a largar seu emprego.

O dinheiro vai acabando e a casa é hipotecada. Ao lado de sua mulher, Dick decide entrar para a vida do crime de forma hilária para pagar as contas.

Então juntos, decidem pegar o dinheiro que lhes foi roubado pelo CEO (Chief Executive Officer) aposentado, Jack McCallister (Alec Baldwin).

Curiosidades

1. Barry Sonnenfeld foi designado para a direção, mas desistiu alegando problemas pessoais;

2. Cameron Diaz foi designada para o papel de Jane Harper, mas desistiu depois dos produtores entrarem em conflito;

3. A Paramount Pictures pagou US$100 mil dólares à Sony, por interromper as filmagens do filme durante uma semana para que Jim Carrey pudesse fazer aparições comerciais para “Lemony Snicket’s A Series of Unfortunate Events” em 2004;

4. Durante a blitz policial, um dos trabalhadores tinha uma carteira de identidade que dizia Opie Taylor. O diretor Ron Howard (que não é o diretor deste filme) interpretou Opie Taylor em “The Andy Griffith Show” (1960). O irmão de Howard, Clint Howard, fez o papel de um dos policiais;

5. Durante a cena na Starbucks, Téa Leoni machucou gravemente seu ombro quando se cortou;

6. Os créditos finais (que dificilmente serão mostrados pela emissora) fazem um agradecimento especial à corporações ou pessoas que estiveram envolvidas e/ou foram responsabilizadas em alguns dos grandes colapsos financeiros na história americana, como a Enron, Arthur Andersen, Worldcom e seu CEO aposentado, Bernie Ebbers;

7. Quando Jim Carrey está tentando imprimir outro formulário, ele se esconde no teto. Em seguida, ele cai. Isso realmente aconteceu e o ator atingiu o chão com bastante força. Carrey e o diretor gostaram e a cena ficou no filme;

8. A loja de conveniência que Dick tenta roubar e a loja de cigarros que ele não rouba estão quase uma na frente da outra em North Hollywood;

9. A cena onde Alec Baldwin conversa com jornalistas em plena caçada de patos é uma referência à gafe do ex-Presidente George W. Bush, onde esse conversa sobre a guerra e depois convida jornalistas a assistir uma partida de golfe;

10. O formulário do “Grand Cayman Bank” é tipo “CRM-114”. Mesma identificação dada a vários itens nos filmes do diretor Stanley Kubrick;

11. Uma das músicas da trilha sonora e que aparecem no filme é da cantora Sade, chamada “Smooth Operator”.

Anúncios

Sobre Ronaldo
Brasil, Sul, Homem, de 35 a 40 anos, português, inglês

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: