Morre a Nadadora Dailza Damas – 1ª Brasileira a Atravessar o Canal da Mancha

Em 1992, atleta ficou conhecida por ser a primeira brasileira a atravessar o Canal da Mancha a nado.

A nadadora Dailza Damas, de 49 anos, morreu na noite desta quinta-feira (7), no Balneário de Bombinhas, em Santa Catarina. Ela foi hospitalizada após sofrer duas paradas cardíacas. Os médicos tentaram reanimá-la, mas não tiveram sucesso.

O corpo será velado, na tarde desta sexta-feira (7), no Plenário da Câmara Municipal de Apucarana, cidade natal da nadadora, no Norte do Paraná, e cremado em Curitiba. O horário e local da cremação não foram divulgados.

De acordo com informações do empresário Thiago Sanchez Yamafuko, amigo da nadadora, na tarde de quinta-feira (6), Dailza reclamou de fortes dores de cabeça e disse que iria descansar. “À noite, recebi o telefonema dela me pedindo para levá-la ao hospital em Curitiba. Não deu tempo, logo no início da viagem de Bombinhas para Curitiba, a pressão dela despencou, chamamos a UTI e a caminho do hospital, aqui em Bombinhas, ela sofreu uma parada cardíaca”, contou.

Tumor afastou Dailza do esporte

No ano passado, em uma consulta de rotina, Dailza recebeu a notícia de que tinha um tumor na hipófise. No dia 10 de outubro, ela foi operada em Curitiba. No entanto, 15 dias depois, a nadadora voltou a sentir-se mal e foi novamente operada. Após as duas intervenções cirurgicas, Dailza foi liberada pelos médicos e retornou a Bombinhas, onde vivia havia cinco anos.

Segundo informou o irmão de Dailza, Antônio Damas, em entrevista à Rádio Band News, ela se recuperava bem das cirurgias. “Ela estava bem esses dias. Estava se recuperando bem, mas infelizmente aconteceu esta fatalidade”, contou Antônio.

Retorno estava previsto para 2009

Proibida de praticar exercícios físicos por seis meses, Dailza planejava o próximo desafio da carreira. Em 2009, ela pretendia fazer uma travessia em comemoração aos seus 50 anos de vida. “Ela estava à procura de patrocínios, mas estava difícil de conseguir. Mesmo assim, a Dailza não desanimava”, disse Yamafuko.

Exemplo de determinação

Quem acompanhou a carreira da nadadora desde o início descreve Dailza como uma desafiadora nata. “Ela tinha uma energia enorme, às vezes não sabíamos de onde ela tirava tanta determinação”, disse o professor Célio Amaral, proprietário da Academia Amaral, onde a nadadora treinou em boa parte da carreira.

Dailza aprendeu a nadar aos 28 anos para incentivar o filho, que sofria de bronquite, a praticar o esporte. Em 1992, a atleta ficou conhecida por ser a primeira brasileira a atravessar os 32 kms do Canal de Mancha, entre a Inglaterra e França. A prova de resistência durou 19 horas.

da “Gazeta do Povo”

Anúncios

Sobre Ronaldo
Brasil, Sul, Homem, de 35 a 40 anos, português, inglês

One Response to Morre a Nadadora Dailza Damas – 1ª Brasileira a Atravessar o Canal da Mancha

  1. eudalio says:

    os heróis vão, mais seus feitos ficam como exemplo de guereiros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: