Mark Cavendish Vence a 5ª Etapa da “Volta da França”

O britânico Mark Cavendish venceu a quinta etapa do “Le Tour de France”, cujo percurso compreendia 232km entre as cidades de “Cholet” e “Châteauroux”, na França, esta tarde.

O ciclista de apenas 22 anos, da equipe “Team Columbia”, abençoou “a melhor coisa que aconteceu a mim”, disse após derrotar o espanhol Oscar Freire da equipe “Rabobank” e o alemão Erik Zabel da equipe “Milram” em um pelotão cheio de velocistas. O alemão Stefan Schumacher da equipe “Gerolsteiner”, no entanto, manteve a posse do colete amarelo alcançado nesta terça-feira (8).

Três franceses – Lilian Jegou, Nicolas Vogondy e Florent Brard – chegaram à liderança da corrida depois de 11km e a mantiveram por mais de oito minutos.

“Essa é a melhor coisa que aconteceu comigo”, Cavendish disse após sua vitória. “Para vencer uma etapa no ‘Tour’, é algo muito forte. Eu vim aqui com a intenção de vencer uma. Isso quer dizer muito, muito mesmo para mim”.

Cavendish estava desapontado na terceira etapa que ocorreu na segunda-feira, tendo vencido por uma parada, não dando oportunidade para os velocistas disputarem a vitória com ele. O ciclista, nascido na “Ilha de Man” (Reino Unido), foi selecionado pelo British Cycling, ontem, para correr nas Olimpíadas de Beijing (China) junto com Bradley Wiggins. No entanto, ele não se candidatou para correr percursos de estradas.

Veja os quilômetros finais e acompanhe a disputada linha de chegada abaixo. Duas quedas violentas.

Schumacher segurou seus 12 segundos de distância de Kim Kirchen, de Luxemburgo, e de David Millar, da Inglaterra. Alejandro Valverde, da Espanha, um dos candidatos à vitória da etapa de hoje, bateu na estrada por volta do quilômetro 80 da etapa projetando-se sobre o guidão da bicicleta. Ele machucou seu braço, o joelho direito e a panturrilha, mas voltou e continuou a corrida.

O ciclista francês, Aurelien Passeron, atingiu uma espectadora da corrida por volta do quilômetro 05 da etapa, mas também voltou e continuou a corrida, apesar disso, terminou bem atrás do pelotão.

Juan Mauricio Soler (Colômbia), que pedalou com o pulso machucado desde o acidente na primeira etapa, no sábado, desistiu no início da quita etapa. Sua equipe disse que um raio-X confirmou uma fratura na mão direita de Soler. Cavendish percorreu os 232km em 05 horas e 27 minutos.

Anúncios

Sobre Ronaldo
Brasil, Sul, Homem, de 35 a 40 anos, português, inglês

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: