Gastos Inexplicáveis da “Fundação Renascer” Acabam em Ação de Improbidade Administrativa

Desde que foram pegos pela polícia norte-americana ao desembarcar no Aeroporto de Miami com R$ 56 mil dentro da Bíblia Sagrada, após terem dito que não estariam levando dinheiro algum na bagagem, o casal de Bispos da “Fundação Renascer em Cristo” passaram vários dias na carceiragem da polícia daquele país.

Agora, o Ministério Público Federal acaba de mover Ação Civil Pública Com Pedido de Responsabilidade Por Ato de Improbidade Administrativa em desfavor da “Fundação Renascer” (CNPJ n.º 64.920.648/0001-69) e de “José Antonio Bruno”, Deputado Estadual-DEM (CPF n.º 092.626.918-6), por terem recebido do governo federal cerca de R$ 2 milhões entre 2003 e 2004 para a implementação dois convênios de alfabetização de jovens e adultos do programa Brasil Alfabetizado. Só que não prestaram contas acerca da forma com que foi utilizado o dinheiro.

Sônia e Estevam Hernandes, líderes da “Igreja Renascer” foram considerados contrabandistas pelo governo norte-americano e cumprem pena nos Estados Unidos. Veja a Peticão Inicial (38 fls.) interposta pelo Ministério Público Federal através da Advocacia-Geral da União contra os acusados.

Anúncios

Sobre Ronaldo
Brasil, Sul, Homem, de 35 a 40 anos, português, inglês

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: