Insider Trading

De acordo com a Comissão de Valores Mobiliários, “Insider Trading” significa:

“Em termos puramente doutrinários, ignorando-se portanto a legislação vigente em cada país, ‘insider’, em relação a determinada companhia, é toda a pessoa que, em virtude de fatos circunstanciais, tem acesso a ‘informações relevantes’ relativas aos negócios e situação da companhia.”

Em matéria veículada na Gazeta Mercantil, soube que a TIM Participações emitiu nota acerca do prejuízo verificado em suas práticas contábeis no terceiro trimestre de 2.007, após uma readequação realizada nas mesmas.

Tal readequação, tirou a empresa de um, mais do que cômodo, lucro líquido de R$ 51,1 milhões para um desconfortável prejuízo líquido (antes do resultado financeiro) de R$ 121,8 milhões.

A pergunta que devemos nos fazer é a seguinte: houve o acesso, por parte de interessados, a informações privilegiadas antes da readequação das práticas contábeis da aludida empresa? Qual o período de tempo decorrido entre a divulgação do lucro líquido e a posterior readequação das práticas contábeis onde se chegou ao prejuízo líquido?

Toda e qualquer operação contábil necessita de uma fiscalização acirrada pela própria Comissão de Valores Mobiliários, bem como dos demais órgãos envolvidos para que pessoas não se utilizem de informações privilegiadas em seu benefício próprio.

 

Anúncios

Sobre Ronaldo
Brasil, Sul, Homem, de 35 a 40 anos, português, inglês

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: