A Identidade Bourne – Renascido em Perigo

Quando Robert Ludlum (25.05.1927 – 12.03.2001) escreveu a trilogia centrada na vida do agente secreto pertencente a um esquadrão de assassinos da CIA, talvez não imaginasse a verdadeira magnitude de sua obra.

Infelizmente, não chegou a viver o suficiente para ver nas telas dos cinemas do mundo inteiro sequer a adaptação de seu primeiro livro, intitulado A Identidade Bourne (The Bourne Identity – 2002).

O responsável por dar vida ao agente secreto foi Matthew Paige Damon (08.10.1970 – ), cuja competência elevou Jason Bourne ao status de melhor agente secreto de todos os tempos, muitos degraus acima de James Bond.

Em A Identidade Bourne, o agente secreto nos é apresentado desmaiado e à deriva no Mar Mediterrâneo com as costas crivadas de projéteis que perfuraram seu traje de neoprene. Encontrado por uma embarcação de pequeno porte de pescadores italianos, é resgatado e recebe os primeiros cuidados para que não adoecesse de hipotermia.

À medida em que a embarcação se desloca para a costa italiana, ele vai se recuperando e tentando lutar contra seu principal oponente, sua memória.

Ao falhar em sua última missão, a de assassinar Nykwana Wombosi, um ex-ditador africano que fez ameaças à CIA de que iria publicar na imprensa informações comprometedoras relacionadas a uma tentativa de assassinato que sofrera, caso a agência norte-americana não o auxiliasse a voltar ao poder, Jason Bourne é jogado ao mar quando se vê num impasse no momento em que encosta uma pistola automática na cabeça de sua vítima que se encontra cercada por seus filhos. Antes que decida disparar, é alvejado impiedosamente.

Enfraquecido, sem dinheiro, sem memória, com apenas o número de uma conta bancária pertencente a um Banco suíço encravada em sua endoderme, dá início à sua jornada para descobrir quem ele realmente é.

Como forma de tentar trazer de volta Jason Bourne, a CIA aciona todos os assassinos que faziam parte do projeto Treadstone, que tinha como principal objetivo eliminar todas as ameaças políticas que interferissem em suas ações.

Temos a oportunidade de ver cenas fantásticas quando Jason Bourne é cassado por agentes como The Professor (Clive Owen), Castel (Nicky Naude) e praticamente toda a polícia francesa e suíça.

As cenas de luta e as perseguições de carro são incríveis. Jason Bourne juntamente com Marie Helena Kruetz (Franka Potente), uma jovem que teve seu visto negado na suíça por ter parado de estudar, tornam-se ameaças perigosas e são procurados por todos os países em que passam tentando se esconder.

O Diretor Doug Liman, tornou esta obra a porta de entrada para as belas seqüências que viriam nos próximos anos, com uma direção competente, boas edições de fotografia e som, cenas de lutas bem elaboradas e muita ação, e com um personagem que se utiliza do que está ao seu alcance para matar quem cruzar o seu caminho, até mesmo, uma caneta bic.

Para uma mente espirituosa, este é um grande filme.

Sobre Ronaldo
Brasil, Sul, Homem, de 35 a 40 anos, português, inglês

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: